• Alana Anijar

Atlas das Emoções: Uma ferramenta prática para desenvolver sua inteligência emocional

Na minha última publicação, falei sobre a importância de saber nomear suas emoções. Eu também preparei uma lista de sentimentos para lhe ajudar com isso! Se ainda não viu, clique aqui.


Hoje, vou dar continuidade a esse tópico e lhe apresentar uma ferramenta muito prática: o Atlas das Emoções.


Essa ferramenta foi desenvolvida por Paul Ekman e pelo Instituto Dalai Lama. O Atlas contém cinco “continentes”, que são os cinco grupos principais de emoções: desgosto, raiva, tristeza, alegria e medo. Cada um desses grupos contém uma ampla gama de emoções, que são classificadas das menos intensas para mais intensas.



Ao observar o Atlas, percebemos que nossas emoções são complexas e que saber identificá-las pode fazer toda a diferença para lidarmos com elas. Por exemplo, a tristeza pode ser melhor caracterizada como "desapontamento", "desesperança" ou até "luto". A alegria também tem diversas formas de se expressar e pode ser caracterizada como "alívio", "paz" ou até "orgulho"!


A diferença entre diferentes formas de expressar desgosto, raiva, tristeza, alegria ou medo tem a ver com a intensidade com que sentimos cada uma dessas emoções. É importante lembrar que nenhuma emoção é boa ou ruim por si mesma. O que importa é a forma de respondermos a elas. Quanto mais consciente formos de como nos sentimos, maior a chance de respondermos às emoções de forma saudável e construtiva.


O que sentimos é, portanto, muito particular. O que lhe causa medo, pode me causar surpresa ou até empolgação. O que lhe causa alegria, pode me causar nojo. O que lhe faz desinibida, pode me fazer desconfortável. Sabendo a forma que me sinto, posso lidar com meus sentimentos de forma responsável, sem projetá-los sobre outras pessoas que podem não estar sentindo o mesmo que eu.


Para praticar um pouco mais a habilidade de nomear emoções, clique aqui e acesse o Atlas das Emoções na íntegra. Explore seus diferentes continentes e identifique os sentimentos ligados a cada grupo de emoções. Tente lembrar de momentos em que você sentiu alguns dos sentimentos do Atlas. Onde você estava? Com quem estava? O que tinha acabado de acontecer? O que você sentiu no seu corpo? Que pensamentos passaram pela sua mente?


Saber responder a essas perguntas é desenvolver inteligência emocional! Elas podem lhe ajudar a se conhecer melhor, se aceitar mais e fazer o mesmo pelas pessoas que você ama e que convivem com você.


Se você precisar acessar o material em português, clique aqui.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe comigo o que achou nos comentários! Até a próxima!

1.694 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo